O Seguro Viagem é obrigatório?

Este é um item que é essencial para viagens nacionais e internacionais. O Seguro Viagem não é exigido para todos os destinos do mundo, mas vale comprar o seu, sempre.
Com ele, você estará assegurado em caso de acidentes, doenças repentinas e até mesmo extravio ou perda da bagagem.

O seguro viagem para a Europa é obrigatório para os 26 países que são signatários do Tratado de Schengen. Sem mencionar que você também pode ter que provar a contratação do seguro para entrar na imigração. Caso você não tenha a documentação necessária, pode ter que voltar para o Brasil.

O que é Tratado de Schengen ? 

É um acordo entre alguns países europeus firmado em 1985  para facilitar a livre circulação de pessoas entre eles. No entanto, com esse tratado tornou-se obrigatória a contratação do Seguro Viagem Europa, com algumas exigências mínimas.

Na Europa é preciso que o seguro cubra pelo menos 30 mil € em despesas médicas para os países pertencentes ao Espaço Schengen e, caso seja solicitado pelo agente de imigração e você não tenha seguro, pode acabar por ter sua entrada negada.

Além de que acidentes e doenças não tem hora para chegar. E se você passar por um problema mais grave no exterior, gastaria muito mais dinheiro para ter um bom atendimento – além de passar transtornos até encontrar um local que pudesse lhe atender.

Quanto custa o Seguro Viagem ?

Você pode não acreditar, mas um seguro de viagem Europa costuma custar menos que o valor de uma consulta médica! Por isso, não há motivos para abrir mão desse serviço, mesmo que o país para onde você irá viajar não exija seguro. Os preços são bem acessíveis e costumam ter um valor a partir de aproximadamente R$10 por dia de viagem – sendo que tudo dependerá das coberturas que você vai incluir no pacote do seguro. Em uma viagem de mais ou menos 15 dias para a Europa você vai gastar em torno de 150 a 200 reais de Seguro Viagem.

E se eu precisar estender a minha viagem?

Caso a sua viagem se prolongue, o ideal é ligar para a seguradora e solicitar uma extensão da cobertura apenas para os dias excedentes. Esse procedimento costuma ser mais barato do que fazer um novo seguro.

Leve o seguro junto com você

Para comprovar que fez o seguro, tenha sempre em mãos o contrato. Ao desembarcar no país destino pode ser que o departamento de imigração lhe peça esse documento e se você não apresentar terá transtornos e sua entrada pode até ser barrada. Mantenha os documentos do seguro sempre com os outros documentos durante a sua estadia, para comprovar a contratação e até mesmo para acionar os serviços no caso de acidentes ou problemas de saúde.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: